Atendimento On-line



SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO PLANOS INDIVIDUAIS E FAMILIARES
1. Tenha em mãos o número da sua carteirinha, CPF e dados pessoais

2. A solicitação de cancelamento poderá ser realizada nos horários de atendimento de forma presencial em nossa sede, através do portal do cliente no nosso web site ou através do telefone. Para solicitação de cancelamento por telefone, entrar em contato com o setor de qualidade através dos telefones (11) 4979-2204 ou (11) 4979-2200 Rm233.

3. Fale com um de nossos atendentes e faça a sua solicitação.

4. Solicite o protocolo de atendimento obrigatório.

5. No momento da solicitação, o seu plano estará inativo em nosso sistema.

6. Aguarde em linha a análise de sua solicitação de cancelamento e retorno com valor de multa para cancelamento, se houver.

7. Multa de cancelamento: Regra de pagamento de multa de rescisão de contrato, solicitação de cancelamento, exclusão de beneficiário ou falta de pagamento antes do primeiro aniversário do contrato, incidirá ao responsável financeiro o pagamento de 100% do valor de parcelas vencidas corrigidas e multa de 20% (vinte por cento) das mensalidades restantes para completar o período, relativo ao número de beneficiários excluídos, independentemente da utilização. Para solicitação de cancelamento após o 1° aniversário de doze meses, o responsável financeiro deverá estar em dia com o pagamento das mensalidades, e no caso de débito anterior, o mesmo deverá realizar o pagamento destas mensalidades vencidas e corrigidas de forma integral.

8. O cancelamento administrativo final ocorre no prazo máximo de 10 dias úteis após a data da solicitação

9. Caso o beneficiário necessite de 2° via de comprovante de cancelamento ou tenha qualquer dúvida, basta entrar em contato conosco através de um de nossos canais de atendimento.

10. A solicitação de cancelamento ocorrerá de acordo com as normas vigentes da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), RN N° 412, de 10 de novembro de 2016 disponibilizada na íntegra em nosso web site e no portal PIN SS dos beneficiários.

Destacamos que de acordo com a RN N° 412, de 10 de novembro de 2016, Art. 15. Após a solicitação do cancelamento do contrato de plano de saúde:

I - eventual ingresso em novo plano de saúde poderá importar:

a) No cumprimento de novos períodos de carência, observado o disposto no inciso V do artigo 12, da Lei n° 9.656, de 3 de junho de 1998;

b) Na perda do direito à portabilidade de carências, caso não tenha sido este o motivo do pedido, nos termos previstos ma RN n° 186, de 14 de janeiro de 2009, que dispõe, em especial, sobre a regulamentação da portabilidade das carências previstas no inciso V do art. 12 da Lei 9.656, de 3 de junho de 1998;

c) No preenchimento de nova declaração de saúde, e, caso haja doença ou lesão preexistente - DLP, no cumprimento de Cobertura Parcial Temporária - CPT, que determina, por um período ininterrupto de até 24 meses, a partir da data da contratação ou adesão ao novo plano, a suspensão da cobertura de procedimentos de Alta Complexidade (PAC), leitos de alta tecnologia e procedimentos cirúrgicos;

d) Na perda imediata do direito de remissão, quando houver, devendo o beneficiário arcar com o pagamento de um novo contrato de plano de saúde que venha a contratar;

II - efeito imediato e caráter irrevogável da solicitação de cancelamento de contrato ou exclusão de beneficiário, a partir da ciência da operadora ou administradora de benefícios;

III - as contraprestações pecuniárias vencidas e/ou eventuais coparticipações devidas nos planos em pré-pagamento, pela utilização de serviços realizados antes da solicitação de cancelamento ou exclusão do plano de saúde são de responsabilidade do beneficiário;

IV - as despesas decorrentes de eventuais utilizações pelos beneficiários após a data de solicitação de cancelamento ou exclusão do plano de saúde, inclusive nos casos de urgência ou emergência, ocorrerão por sua conta;

V - a exclusão do beneficiário titular do contrato individual ou familiar não extingue o contrato, sendo assegurado aos dependentes já inscritos o direito à manutenção das mesmas condições contratuais, com a assunção das obrigações decorrentes; e

VI - a exclusão de beneficiário titular do contrato coletivo empresarial ou por adesão observará as disposições contratuais quanto à exclusão ou não dos dependentes, conforme o disposto no inciso II do parágrafo único do artigo 18, da RN n° 195, de 14 de julho de 2009, que dispões sobre a classificação e características dos planos provados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação para contratação de planos privados de assistência à saúde e dá outras providências.

> CLIQUE AQUI para baixar a resolução RN N°412 - ANS


> CLIQUE AQUI
para baixar a cartilha de cancelamento de contrato